Como as metodologias ativas mudam o papel do professor

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

As metodologias ativas de ensino conduzem os docentes a uma mudança na sua rotina. O aluno torna-se protagonista do processo de aprendizagem, o que exige adaptação para conseguir os melhores resultados.

Assim, é possível ter um ensino mais significativo e com maior aproveitamento. Quais são os detalhes mais importantes? 

Mudança no papel do professor

No modelo tradicional de ensino o professor é a fonte do conhecimento e encarrega-se, através de aulas expositivas, de transmitir informações aos alunos, e estes aplicam os seus conhecimentos em diferentes exercícios na sala de aula. Este modelo é utilizado há várias décadas, mas cada vez mais se questiona a sua utilização e efetividade como único método de ensino “a entrar” na sala de aula.

Este método segue vigente, mas transforma o aluno num sujeito passivo e o professor num mero transmissor de conhecimento. Tudo isto muda com a utilização as metodologias ativas de ensino, entre elas a Aprendizagem Baseada em Projeto.

 

Em que consistem as metodologias ativas?

Neste modelo de ensino orientado para o estudante, o professor converte-se num guia, uma fonte de motivação cujo trabalho se assimila com o do diretor de uma orquestra. O docente define um objetivo inicial com os alunos e ajuda-os a desenvolver-se, a trabalhar em equipa e esclarece dúvidas. Mas não pense que este método leva os professores à passividade, pelo contrário: o vínculo entre estudante e docente ganha ainda mais força.

O objetivo das metodologias ativas é que os alunos absorvam conhecimentos úteis para diferentes aspetos da sua vida e consigam desenvolver-se de forma satisfatória. O professor é o responsável desta transmissão de conhecimentos, mas de um ponto de vista mais prático.

É importante prestar atenção ao progresso de cada estudante, o que o motiva, e entender as necessidades que cada um pode ter. Cada aluno é um pequeno mundo para explorar.  No final, os alunos terão à sua disposição as ferramentas necessárias para o seu desenvolvimento na vida profissional e pessoal.

dreamshaper

O professor fora da sala de aula

O papel do professor não está apenas na sala de aula, mas também fora dela. Ao trabalhar com metodologias ativas de ensino, o docente ganha um conhecimento mais profunda das capacidades e necessidades de cada aluno. Assim sendo, poderá desenrolar estratégias adequadas para resolver distintos problemas e garantir que o processo de aprendizagem é satisfatório.

A instituição de ensino deve estar focada em encontrar estratégias adequadas para conseguir os melhores resultados. Para isto, os docentes devem trabalhar em equipa, partilhar pontos de vista e ideias para realizar um melhor trabalho. Disto dependerá o futuro dos estudantes!

É exatamente para apoiar as escolas nesta transformação que existe a tecnologia da DreamShaper.

COMENTARIOS