Como e por que desenvolver a cultura digital em sala de aula

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Em meio ao avanço tecnológico, cada vez mais, nossas relações sociais e de trabalho acontecem online.

Por isso, aprender conceitos e práticas relativas às novas mídias é fundamental para os estudantes do século XXI. Inclusive, por determinação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o ensino da cultura digital é uma responsabilidade da escola.

“Os jovens têm se engajado como protagonistas da cultura digital, envolvendo-se diretamente em novas formas de interação multimidiática e multimodal e de atuação social em rede, que se realizam de modo cada vez mais ágil”, afirma um trecho da BNCC, ressaltando a existência de gerações que são nativas digitais. 

As competências digitais da BNCC

Segundo a BNCC, cultura digital não significa apenas utilizar a tecnologia. O aluno precisa entender o que o conceito significa e quais são as suas implicações na sociedade atual. Assim, os estudantes serão capazes de dominar a linguagem digital e usá-la a seu favor durante a vida pessoal e profissional

“Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva”, explica outro trecho do documento. 

cultura digital dreamshaper

Para proporcionar o letramento digital em sala de aula, a BNCC orienta o desenvolvimento de sete habilidades até o fim do ensino fundamental. O guia da Nova Escola sobre o tema resume essas habilidades da seguinte maneira: 

  • Utilização de ferramentas digitais: usar ferramentas multimídia e periféricos para aprender e produzir.
  • Produção multimídia: utilizar recursos tecnológicos para desenhar, desenvolver, publicar e apresentar produtos – como páginas de web, aplicativos móveis e animações – para demonstrar conhecimentos e resolver problemas.
  • Linguagens de programação: usar linguagens de programação para solucionar problemas.
  • Domínio de algoritmos: compreender e escrever algoritmos, utilizar os passos básicos da solução de problemas por algoritmo para resolver questões.
  • Visualização e análise de dados: interpretar e representar dados de diversas maneiras, inclusive em textos, sons, imagens e números.
  • Mundo digital: entender o impacto das tecnologias na vida das pessoas e na sociedade, incluindo nas relações sociais, culturais e comerciais.
  • Uso Ético: utilizar tecnologias, mídias e dispositivos de comunicação modernos de maneira ética, sendo capaz de comparar comportamentos adequados e inadequados.

O papel das escolas

A relação dos alunos com os meios digitais deve estar presente em todos os níveis educacionais e permear todas as disciplinas. Acima de tudo, entretanto, a BNCC alerta para necessidade de desenvolver uma atitude crítica em relação ao conteúdo e à multiplicidade de ofertas midiáticas, estimulando a reflexão.

Além de inserir a cultura digital nos componentes curriculares de maneira crítica, as escolas devem proporcionar infraestrutura tecnológica – o que é um desafio no Brasil. Segundo a pesquisa TIC Educação, 82% das escolas brasileiras possuem acesso à internet, mas a distribuição é desigual. Enquanto a cobertura chega a 97% das instituições na região Sul, o Norte e o Nordeste têm índices de, respectivamente, 51% e 77%.

Ao mesmo tempo, as instituições de ensino devem ter um olhar voltado à qualificação dos professores. Responsáveis por orientar o uso consciente das mídias e por problematizar o tema junto aos alunos, os próprios docentes precisam de uma formação alinhada às demandas do século 21 – e que, portanto, contemple a aquisição de competências digitais para o exercício pedagógico. 

Sobre a DreamShaper

A DreamShaper é uma EdTech que oferece às instituições de ensino, professores e alunos a nível mundial, soluções para implementar Metodologias Ativas de modo simples e eficaz, com foco em Aprendizagem Baseada em Projeto.

Clique para saber mais sobre a DreamShaper.  

COMENTARIOS